UM SONHO QUE VIROU PESADELO

November 14, 2016

O “Segredos de Intercambista” é um espaço criado por Priscila Sanches para que você possa compartilhar a sua história e assim ajudar e alertar outras pessoas! 

 

Para enviar ANONIMAMENTE a sua historia, clique aqui!

 

HISTORIA #5 - UM SONHO QUE VIROU PESADELO 

 

"Oi Priscila tudo bem? Bom hoje estou aqui para contar minha historia, sou uma pessoa muito reservada e fechada, de poucos amigos, e não costumo contar minha vida pessoal para qualquer um.

Mas agora que você criou esse quadro, me senti a vontade para também poder ajudar as meninas a nunca cairem nessa ilusão.

 

O que aconteceu comigo eu não desejo para ninguém. Minha historia começou um ano antes do Au Pair. Eu sou de Ilhéus na Bahia, morava com minha mãe, e meu sobrinho mais novo, trabalhava e estudava, tinha uma vida comum. Até que em Março de 2013 tudo ia mudar, eu nunca podia esperar que minha vida pudesse virar um verdadeiro inferno.

Cheguei em casa da faculdade, liguei o pc e comecei a rodar na internet, como de costume... Era uma sexta feira e como eu não sou de sair muito, costumava passar a noite toda no pc. Descobri um site chamado OMEGLE, como não tinha nada para fazer pensei, "ah pq não?" Entrei com a #USA, e foi lá diante de vários que comecei a falar com um cara, que vou chama-lo de Maik. Meu inglês não era muito bom, mas conseguimos conversar bastante. Conversamos até as 3am, fui me deitar, e ele já tinha me add no face.

No outro dia, novamente conversamos o dia todo, e isso prosseguiu por mais ou menos 2 meses. Para mim aquilo já era um relacionamento (acreditava eu que para ele também) e em maio tivemos uma conversa um pouco mais intensa, falamos de nos encontrar pessoalmente e eu já estava totalmente apaixonada por ele.

Então foi ai que ele teve a brilhante ideia de me propor a ir morar com ele, eu fiquei sem chão, me vi em um sonho, essa conversa prosseguiu por mais ou menos 2 semanas, até que quando eu falei sobre pedir as contas do trabalho, e ir, algumas coisas começaram a mudar.

Ele não costumava a falar muito sobre a vida dele, meio que desconversava sempre, dizia que estava morando em um casa provisória na Virginia, que era a empresa que tinha dado pra ele, dizia que estava terminando um grande projeto de arquitetura lá, e por isso achava que eu não conseguiria me acostumar, pois além da casa ser pequena, ele trabalhava demais! Foi ai que ele me apresentou o intercâmbio de Au Pair, eu não fazia ideia do que se tratava, pesquisei, e na euforia, no final de junho já estava online.

Meu processo foi bem rápido, falei com bastante família, mas sempre dava prioridades para as famílias de Virginia ou região, por "sorte" fechei com uma família da Virginia, e eu iria morar numa cidade, a 50 minutos da dele.

 

Minha mãe chorou, mãe pressente né? Mas entendeu, achava que eu estava indo seguir meu sonho, nem sonhava com a existência de um homem a minha espera, nem sonhava que eu estava a deixando para ir atras de um estranho! Agora ali eu me via entrando no avião, aos 22 anos, com o coração cheios de sonhos, a cabeça com tantos planos e muito feliz.

Jamais eu poderia imaginar que nunca mais seria a mesma, jamais poderia imaginar que a partir do momento que chegasse nos EUA, minha vida iria mudar pra sempre. Cheguei, na primeira semana foi aquela loucura eu e o Maike nos falamos pouco, mas nosso encontro para o fim de semana estava em pé.

 

Chegou o dia, nos encontramos, e foi maravilhoso, ele muito educado, solista, e meu Deus, era muito charmoso. Mas foi no primeiro encontro que descobri a primeira mentira, ele estava com o cartão de arquiteto no carro e quando foi me deixar em casa, eu pude ver, e ali estava a data de nascimento dele, mas não condizia com a idade, para mim tinha falado que tinha 30 e no cartão 36, ok acontece todo mundo quer parecer mais novo não? Relevei e não me importei.

Na semana seguinte ele novamente foi me buscar em casa, mas estava diferente, estava mais safado, e inconveniente.

Tentei distorcer a situação e mostrei uma foto da minha mãe (a quem ele nunca pareceu de importar antes) ele começou a dar risada e soltou "ela parece um macaco" fiquei sem reação olhei para ele com um ar de assustada, não conseguia falar nada, só pensar e refleti noque ele tinha acabado de falar. Fiquei quieta e acho que ele percebeu que tinha feito merda, pediu desculpa e disse que estava brincando.

 

Seguimos caminho e do nada ele para o carro em uma rua com bastante movimento e diz que tem uma fantasia em transar dentro do carro com pessoas em volta, eu fiquei assustada, e disse que não toparia aquilo, ele insistiu, insistiu, eu disse que não, e na hora o semblante mudou, ficou bravo, e começou a me atacar com palavras indiretas.

 

Voltou para casa correndo, e eu perguntei se não iríamos mais no restaurante, ele disse que não estava mais afim! Me senti culpada um lixo, pensava que fui errada de não ter transado com ele ali... Ele me deixou em casa, e ficou 15 dias sem dar um sinal de vida, eu estava desesperada! Não me concentrava mais em nada... Foi ai que minha host pediu rematch, meu mundo caiu, entrei em um estagio praticamente depressivo por esses dias, não me importava nem em fazer skypes com outras familias, só pensava nele.

Até que ele me liga, diz que teve uma viagem de trabalho de ultima hora, e por isso n conseguiu falar comigo, expliquei tudo que tinha acontecido, e ele pareceu se importar bastante, disse que queria me ajudar e se podíamos nos ver, naquele dia mesmo nos encontramos, conversamos e finalmente transamos...

Cheguei em casa abri meu facebook, e tinha uma solicitação de amizade, quando vi a foto era do Maike, o nome era Maik, achei estranho, pois eu já tinha ele no facebook.

Quando abri o facebook dele, foi que eu vi a bomba: Fotos de crianças, e da esposa dele, uma família que parecia perfeita.

Comecei a chorar, liguei pra ele e ele ria da minha cara como se estivesse gostando daquilo, e perguntava e ele não respondia só dizia "Você acha mesmo que eu iria ficar com você? Você acha que eu gosto de garotas como você?"... E varias outras ofensas! Eu ameacei a contar tudo para esposa dele, ele disse que jamais iria conseguir fazer isso, pois estava me excluindo totalmente da vida dele, que dali em diante, tudo que queria comigo, já tinha conseguido.

Bom ele realmente sumiu me bloqueou em tudo. Os dias foram se passando, e a minha saúde tanto mental quando física piorando. Mas graças a Deus, eu tive amigas, amigas que graças ao grupão conseguiu me mostrar que nada estava acabado, que nada podia terminar daquele jeito. Faltavam 3 dias para meu rematch acabar, e foi ai que eu conheci uma família por indicação de uma amiga, acabei fechando com eles, a cidade (que eu não vou citar o nome) ficava a 30 minutos de onde eu estava morando, minha vontade era de sumir tanto da Virgínia quando dos Estados Unidos, mas prometi para mim mesma que iria superar aquilo, fui para casa da nova família...  Quando chegou o Halloween, eu já estava um pouco melhor, apesar de ainda me sentir fragilizada... A festa era de uma Au Pair colombiana, e lá tinha varias outras Au Pairs.

 

Começamos a nos falar e eu conhecia uma menina que aqui vou chama-la de Lisa, no dia seguinte nos adicionamos no facebook. A gente se adicionou mas nem prestei atenção em ver as fotos dela ou algo tipo... A vida seguiu e no natal, Lisa postou umas fotos com as kids dela, eu olhei e sabia que conhecia aquelas crianças de algum lugar... Foi ai que me lembrei das fotos dos filhos do Maike! Fui olhar as fotos dela, e vi fotos com a esposa dele também. Não perdi tempo, e contei tudo, cada detalhe para Lisa, ela não pareceu surpresa, disse que Maike, já havia tinha outras problemas parecido, disse também que ela não era au pair deles, e sim sobrinha dele, que veio da Dinamarca, pois Maike era dinamarquês, e tinha vindo para os EUA como Au Pairs, conhecido a atual esposa dele, casado, tido filhos, e um longo histórico de Au Pairs que nunca deram certo. Eles haviam sido expulso da CC, e da APC. Por motivos que ela não quis me dizer, disse também para mim, que mesmo se eu pensasse em dizer algo para a família dele, nada iria acontecer, pois a esposa dele já estava acostumada com suas traições.

 

 Foi ali que tudo fez sentido para mim, Maike tinha me falado sobre o Au Pair, pois além de ele ter tido varias Au Pairs, ele já tinha sido um também

 

E foi assim, que eu descobrir que ele conseguia ser mais podre do que eu imaginava! Decidi que cortaria qualquer tipo de relação ou lembrança do Maike da minha vida. Exclui e bloqueei Lisa do meu facebook, e acabei pedindo rematch, queria ficar o mais longe possível daquele lugar! 

Fui para Minnesota, e terminei meu primeiro e segundo ano lá, fui feliz finalmente. Aproveitei, me diverti muito, conheci rapazes muito legais.

 

Voltei para o Brasil ano passado, e depois de 6 meses aqui, conheci meu noivo na empresa que eu estava trabalhando, ele é inglês, atualmente estamos organizando nosso casamento, moramos aqui na Inglaterra. Nunca pude imaginar que seria tão feliz novamente. Lembra que eu tinha falado que não voltaria a mesma para o Brasil? Eu não voltei a mesma, voltei uma pessoa, decidida, madura, e forte! Pois a males que vem para o bem. E esse foi um. Isso é para todas as meninas ficarem espertas com os rapazes que conhecem pela internet. Não se deixem levar, NUNCA, por homem nenhum. Obrigada pela oportunidade!"

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Sobre Mim

Priscila Sanches, aquariana de 27 anos que mora em Montreal, CA.

  • YouTube - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
Posts Em Destaque

REVIEW SINCERA - Curso de Francês online

March 27, 2019

1/3
Please reload

Posts Recentes

November 25, 2017

Please reload

Instagram
  • YouTube - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Google+ Black Round
  • Facebook Black Round
  • Twitter Black Round

© Priscila Sanches

 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Para anuncios entre em contato comigo!