MEU VISTO J-1 FOI NEGADO!

September 7, 2016

 

Oieee!

 

Hoje eu falar um pouco sobre minha entrevista no consulado de São Paulo, que, diga-se de passagem foi uma BOSTA. Pois é, a maioria que me acompanha nas minhas redes sociais não faz ideia, mas sim, eu já tive um visto negado! 😩

 

Minha entrevista foi no ano de 2013, eu cheguei no consulado e estava super nervosa! Até hoje eu não entendo porque ficamos tão nervosos durante a entrevista de visto... Sério, ela pode ser simples ou difícil, mas galera geralmente quem complica é a gente mesmo, viu? Os consuls estão lá pra fazer o trabalho deles, e se você não tem o porque temer... Porque temer? Né? Mas enfim, na época eu era bem afobada e morria de medo! E tenho certeza que a culpa foi minha, rs.

 

A entrevista acontece tipo num galpão que parece um mercado de peixe... Quando eu fui tava super lotado, consequentemente super barulhento. Fiquei lá na fila observando a galera tendo seus vistos negados/aprovados e acho que como a maioria, tentando usar o "poder da mente" pra escolher o cônsul que iria me entrevistar. Tinha um moço super simpático dando visto aprovado pra todo mundo e eu me lembro de pensar "eu quero ir com esse moço", mas aí chegou a minha vez... E claro não foi o moço. Minha entrevista foi com uma japonesa, de cabelo curtinho preto (essa mesma, conhecida justamente por negar vistos adoidado 😰).

 

Ela pediu as digitais, passei o passaporte... ela olhou pra mim e falou: "Au Pair huh..? Why do you want to be an au pair?!" 

 

E dai desembestou falar em inglês comigo, não fez NENHUMA pergunta em português, e questionou bastante o fato de eu não ter faculdade, e não estar estudando (acho que ela pensou que talvez eu fosse fazer faculdade lá?)... FALOU TUDO MUITO RÁPIDO, como se eu fosse fluente na lingua, pedia para ela repetir... Ela repetia da mesma maneira, TOCOU O TERROR, mas eu tenho certeza que ela só fez isso porque eu estava claramente nervosa! 

 

Eu lembro que quando eu estava "estudando" pro visto, tudo o que li, era para ser simples e direta, me preparei para isso... Saca? Tomei no cu! 

 

Mas tudo tem o seu lado bom, e eu vou contar o lado B para vocês no próximo post!

 

 

👉🏽 Vamos a entrevista:

 

P = Eu 

C = Consul 

 

 

P: Bom dia

 

C: bom dia, coloca sua mão dlfldkgjdlkfj no leitor por favor? 

 

P: sim 

 

C a mão auhgkdfsfj 

 

P: Ah, desculpe. 

 

C: Au Pair... hmmm... So, why do you want to be au pair? 

 

P: Because I want to improve my English to have a better position in my current job. 

 

C: dlfkdlfçgkdflçgkdflçgkfdlgçk

 

P: sorry? 

 

C: dlgkdlçgklçfgdfgk in your job? 

 

P: I work with sales and marketing

 

Silêncio de 3 minutos enquanto ela digitava... 

 

AQUI EU JA TAVA ME BORRANDO INTEIRA, e certamente demonstrei muito nervosismo.

 

C: tell me about your graduations..

 

P: I have technical degree in computer science...

 

C: fglkdçlfkslçklçfk tell me again... What exactly you do in your current job? 

(aqui eu acho que foi a parte onde caguei e ela resolveu me negar o visto)

 

P: I can express myself better in Portuguese, if you prefer? 

 

(ai ela respondeu meio que gritando)

 

C: NOOO!! You will not speak in Portuguese because to do this exchange program you need a good level of English, so please answer what I asked IN ENGLISH. 

 

P: So, in my current job I menage sails and marketing, but I do a lot besides that. (Isso é o que eu queria ter dito, mas provavelmente ela me entendeu da mesma maneira que a gente entente o Joel Santana falando ingleês)

 

C: I can't understand where computer science is linked with sales, can you explain to me IN ENGLISH? 

 

E dai, como você imagina quando ela falou isso eu ja perdi total as estribeiras... Dei um sorrisinho amarelo e tentei responder, mas como vocês sabem, meu inglês era super ruim.... Eu gaguejei muito, respondi nada com nada, porque na época eu fazia muita coisa no meu trabalho e tentei explicar em inglês sem saber como... Não tinha vocabulário o suficiente. Foi triste! 

 

Ai ela nem respondeu... Digitou, digitou...digitou... E disse: 

 

Infelizmente o seu visto foi negado, neste papel nós explicamos os motivos (e foi me passando meu passaporte)... Eu insisti e disse que estava um pouco nervosa, que era minha primeira entrevista, que eu tinha muitos documentos que comprovavam meu vínculo com o Brasil... 

 

E ela repetiu: "No papel explica o motivo, você pode tentar de novo se achar que deve...Para ser au pair você precisa ter um ótimo nível de inglês, e uma ótima estrutura (no caso acho que se referindo ao lance de não estar estudando?).. Mandou eu estudar e tentar novamente!"

 

Pois é, a entrevista em si foi 100% EM INGLÊS, as únicas coisas que ela disse em português foi "bom dia e coloca a sua mão no leitor."

 

Como vocês sabem, eu vim para os EUA como Au Pair, então eu nao desisti do sonho...  E apesar de ter sido uma experiência terrível, TUDO TEM SEU LADO BOM, inclusive um visto negado!

 

Quer saber qual foi?! Conto pra vocês no próximo post! 

 

Beeeijo, 

 

Fui 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Sobre Mim

Priscila Sanches, aquariana de 27 anos que mora em Montreal, CA.

  • YouTube - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
Posts Em Destaque

REVIEW SINCERA - Curso de Francês online

March 27, 2019

1/3
Please reload

Posts Recentes

November 25, 2017

Please reload

Instagram
  • YouTube - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Google+ Black Round
  • Facebook Black Round
  • Twitter Black Round

© Priscila Sanches

 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Para anuncios entre em contato comigo!